Área Restrita
Não à reforma da previdência
Imagem2
Imagem 1
Imagem3
Imagem 4
5º ENAFOR: Rondônia e outras caravanas chegam à Brasília para debater a educação popular como estratégia...
21/05/2018

5º ENAFOR: Rondônia e outras caravanas chegam à Brasília para debater a educação popular como estratégia...

Quase mil educadores e educadoras populares, dirigentes e assessores sindicais, lideranças de base, agricultores e agricultoras familiares, estudantes e professores já estão em Brasília, acampados, para participar do maior encontro de formação política do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR). O 5º Encontro Nacional de Formação da CONTAG (5º ENAFOR) começará hoje (21) e vai até a próxima sexta-feira (25), no Centro Comunitário da Universidade de Brasília (UnB), onde acontecerão os debates, oficinas, troca de experiências e outros momentos de resistência e transformação. Um dos símbolos dessa resistência é o acampamento instalado no local, denominado “Acampamento 5º ENAFOR – Lula Livre”, onde todos(as) os(as) participantes ficarão até o final de semana. Rondônia participa com uma delegação de 16 educadores e educadoras populares, acompanhados da secretária de Formação e Organização Sindical da FETAGRO, Rosiléia Inácio, e da secretária geral, Sirlene de Oliveira. A abertura política será às 14 horas, com a presença da Diretoria da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG) e demais convidados e convidadas. Já a Conferência inicial será às 16 horas, com o tema “Democracia e o Golpe de 2016 – implicações para os movimentos sociais e para a classe trabalhadora”. Os conferencistas são os professores Luiz Felipe Miguel (UnB) e Olgamir Amância (DEX/UnB). Além de debates politizados, frente ao cenário que vivemos no País de desmonte dos direitos e das políticas públicas conquistadas a partir de muita luta da classe trabalhadora, com ataques à democracia, aos direitos, entre outros desrespeitos implementados pelo governo ilegítimo que se instalou no Brasil, que insiste em uma agenda neoliberal, o 5º ENAFOR também traz como proposta valorizar os saberes e sabores da população rural, a produção de alimentos saudáveis e de artesanatos característicos dos povos do campo, florestas e águas. A partir de amanhã (22), às 7h, será instalada a “Feira Saberes e Sabores” com grande variedade de produtos. Todas as atividades e a feira ocorrerão na UnB, no Centro Comunitário. Também foi montada a exposição sobre os caminhos do ENAFOR, dos processos formativos, a trajetória das mulheres trabalhadoras rurais e da juventude rural e materiais históricos da CONTAG. Fonte: Assessoria 5º ENAFOR

FETAGRO e INSS selam acordo de cooperação técnica para o INSS Digital
21/05/2018

FETAGRO e INSS selam acordo de cooperação técnica para o INSS Digital

Foi assinado, na última semana, o acordo de Cooperação Técnica entre FETAGRO e Instituto Nacional de Previdência Social (INSS) para que o INSS Digital seja um serviço oferecido pelos Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais. No ato de assinatura, a FETAGRO, representada pela vice-presidenta Alessandra Lunas e o secretário de Políticas Sociais, Ecimar Viana, acompanhados do deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT), já entregaram ao chefe da seção de atendimento da agência, Franciomar Lopes, toda documentação dos sindicatos que se disponibilizaram a prestar este atendimento aos segurados especiais, trabalhadores e trabalhadoras rurais. Esta ação decorre do acordo nacional firmado entre CONTAG e INSS, e que autoriza as federações e Sindicatos a aturem pelo órgão previdenciário, por meio do INSS Digital, que transforma os processos físicos em eletrônicos através de uma plataforma tecnológica. Por meio do INSS Digital, os servidores vão receber os processos de pedidos de aposentadoria digitalizados eletronicamente, em uma tentativa de agilizar o acesso dos trabalhadores e trabalhadoras aos seus direitos previdenciários. Portanto, os Sindicatos ficam aptos a realizar todo o processo - desde a digitalização de documentos até a requisição dos benefícios dos segurados(as). Para Alessandra Lunas é mais um passo importante na garantia de direitos dos trabalhadores e trabalhadoras rurais. “Nossos sindicatos já prestam atendimento apoiando os trabalhadores no acesso a previdência; e agora também poderá prestar mais este serviços, evitando que os trabalhadores tenham que ir a uma agência e muitas vezes aguardar 90 dias para receber o beneficio”, destacou. Franciomar Lopes disse ser uma grata satisfação estreitar este laço de trabalho e proporcionar ao trabalhador um acesso mais rápido ao benefício previdenciário. O deputado Lazinho da Fetagro parabenizou a FETAGRO, os Sindicatos e o INSS pela parceria que contempla os trabalhadores rurais, agricultores e agricultoras familiares do Estado. Treinamento Para que os Sindicatos desenvolvam com mais confiança a plataforma virtual do INSS Digital junto aos trabalhadores rurais, a superintendência do Instituto irá realizar no dia 13 de junho, na sede da superintendência, um treinamento aos responsáveis por operacionalizar a plataforma virtual nos Sindicatos.

Curso nacional debate a política de comunicação do MSTTR e a criação de rede de comunicadores p...
16/05/2018

Curso nacional debate a política de comunicação do MSTTR e a criação de rede de comunicadores p...

Dirigentes sindicais, profissionais de comunicação das Federações, educadores populares: a diversidade do público é uma das riquezas do Curso Nacional de Educação Popular em Tecnologias da Informação e Comunicação, que acontece em Brasília nesta semana – de 15 a 17 de maio. São mais de 70 pessoas que tem como um dos principais objetivos analisar e debater a importância da comunicação para o fortalecimento da luta sindical e, dessa maneira, contribuir para a atualização da Política Nacional de Comunicação do Movimento Sindical dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares. Outra pauta importante deste curso é a construção de uma rede de comunicadores populares, a exemplo da rede de educadores(as) populares da Escola Nacional de Formação da CONTAG (Enfoc). A programação do curso incluiu palestras e conversas de especialistas como o presidente do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, Altamiro Borges, a jornalista da Repórter Brasil Ana Magalhães e a representante do coletivo de comunicação Intervozes, Bia Barbosa. Eles trouxeram panorama da comunicação sindical e também a importância da comunicação popular se contrapor às narrativas da mídia comercial que apoia o golpe, o agronegócio e a agenda de retrocessos políticos e sociais impostos pela elite brasileira que se baseia na desigualdade e da pobreza. Oportunidade para avanço Para a secretária Geral da Federação dos Trabalhadores(as) Rurais do Estado de Sergipe (FETASE), Cleide Matias de Jesus, o curso veio em um momento muito bom, pois a federação sente a falta de um processo de comunicação consolidado no estado. “Temos um site e grupos no whatsapp, mas não temos divulgado com eficiência nossas ações e nossas conquistas. A partir das discussões realizadas aqui, vamos levar a questão da comunicação para a diretoria e buscar meios para avançar”, afirmou a dirigente. O educador popular Otávio Cazuza, do município de Pindobaçu (BA), afirmou que o curso é uma grande oportunidade de receber informações que, de acordo com ele, não chegam com clareza na base, além de ter contato com especialistas e companheiros(as) que não vão até a base. Para Cazuza, a rede de educadores(as) populares entende a importância da comunicação para a formação e multiplicação de conhecimento entre os(as) trabalhadores(as) rurais. “Inclusive no último Encontro de Formação da Bahia foi dedicado espaço para a discussão da comunicação, que foi muito interessante”, lembrou o educador. Investimento para o debate de ideias O curso conta também com a presença de um presidente de federação, Júlio César Mendel, da Federação dos Trabalhadores(as) Rurais do Estado do Espírito Santo (FETAES). Para ele, o evento é importante para a sensibilização dos dirigentes sindicais para o fato que comunicação não é gasto, mas investimento. “Em nosso estado fazemos encontro anuais de comunicação, pois acreditamos que é através da comunicação que chegamos até a base, apresentando nossas bandeiras de luta e também informações que dão a base para as discussões e para a luta”, disse o presidente da FETAES. A assessora de comunicação da Federação dos Trabalhadores(as) Rurais do Estado de Rondônia (FETAGRO), Luciane Machado, acredita que o curso é importante e necessário pois, para ela, a comunicação tem sido colocada como pauta central no MSTTR - a exemplo das discussões no 12º Congresso Nacional dos Trabalhadores(as) Rurais – mas, na prática, o tema ainda não alcança a base. “Aqui estão presentes não apenas nós jornalistas, que executamos o trabalho de comunicação, mas também dirigentes que são quem decidem politicamente. A presença de educadores(as) populares também é importante para o debate de como construir uma rede forte de comunicadores(as) que vão ampliar o alcance de nossa mensagem”, afirma. O assessor de comunicação da Federação de Trabalhadores(as) Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (FETRAECE), Janes P. Souza, também acredita na força de uma rede de comunicadores(as). “Se trabalharmos separadamente, seremos engolidos pela mídia tradicional. Mas se trabalhadores(as) e dirigentes se compreenderem como parte de uma rede, como já acontece com a rede da Enfoc, teremos uma oportunidade gigantesca para contrapor os argumentos dos grandes meios de comunicação”, argumenta Janes. Fonte: Assessoria CONTAG

FETAGRO realiza Oficina Estadual sobre Sustentabilidade Político-Financeira
14/05/2018

FETAGRO realiza Oficina Estadual sobre Sustentabilidade Político-Financeira

A FETAGRO, através da Secretaria de Administração e Finanças e em parceria com a CONTAG, realiza a Oficina Estadual sobre Sustentabilidade Político-Financeira, de 16 A 18, no espaço de eventos do Hotel Fazenda Minuano, em Presidente Médici. A Oficina visa construir estratégias de atuação político-sindical para o fortalecimento da sustentabilidade político-financeira do MSTTR; fortalecer a organicidade e sustentabilidade do sistema confederativo CONTAG, FETAG´s e STTR´s e ampliar a representatividade sindical mediante a qualificação dos serviços prestados aos trabalhadores rurais agricultores/as familiares rondonienses. De acordo com o secretário de Finanças da FETAGRO, José Carlos (Carlinhos), a oficina deverá reunir cerca de 70 participantes, sendo preferencialmente presidentes e secretários/as de administração e finanças dos Sindicatos filiados à Federação, para um amplo debate e planejamento de ações. "Nossa expectativa é de possamos sair deste curso comprometidos e sendo multiplicadores de informações nos nossos sindicatos, porque esta oficina busca fortalecer a organização com avanço da sustentabilidade político-financeira e transparência do movimento sindical rural”, reforçou Carlinhos. A oficina está programada sob os eixos organização sindical, sustentabilidade político-financeira e previdência social rural, com contextualização da conjuntura nacional e cenário interno do MSTTR, refletindo e apontando os desafios e potencialidades para consolidar estratégias que fortaleçam a sustentabilidade político-financeira das entidades.

MSTTR e Cresol debatem fortalecimento do crédito rural
10/05/2018

MSTTR e Cresol debatem fortalecimento do crédito rural

Em reunião realizada nesta quarta-feira (10), na sede da FETAGRO, o propósito de unir ações para o crescimento e fortalecimento da oferta do crédito rural aos agricultores familiares do Estado reuniu diretoria da FETAGRO, STTRs e Cresol Rondônia. De acordo com o presidente da FETAGRO, Fábio Menezes, o encontro foi positivo e produtivo por trazer esclarecimento e sanar dúvidas dos dirigentes acerca dos serviços e produtos ofertados pela Cresol e debater a respeito da possibilidade de vinculação das entidades sindicais como prestadoras dos serviços da Cooperativa, para, cada vez mais, melhor atender os anseios dos associados e das associadas. O presidente da Cresol, Osvaldo Gouvea, apresentou aos presentes todas as exigências para uma possível vinculação, afirmando que a entidade considera a proposta de parceria valorosa e viável . Os sindicatos, assim como a Federação, a partir de agora estudam a viabilidade de atuar como representantes na prestação de serviços financeiros.

5º ENAFOR:educação popular é resistir, é transformar
10/05/2018

5º ENAFOR:educação popular é resistir, é transformar

Faltam poucos dias para a realização do maior encontro de formação política do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais. O 5º Encontro Nacional de Formação da CONTAG (5º ENAFOR) pretende reunir cerca de 1.000 pessoas de todos os estados brasileiros, entre dirigentes sindicais, assessores(as), lideranças de base e trabalhadores e trabalhadoras rurais. Nesse ano, com a proposta de realizar o encontro dentro da Universidade de Brasília (UnB), a ideia é de envolver, também, professores, estudantes e demais interessados pela temática da educação popular. O 5º ENAFOR acontecerá nos dias 21 a 25 de maio de 2018, no Centro Comunitário da UnB. O 5º ENAFOR será realizado em um contexto de desmonte...

MSTTR de Rondônia fortalece debate sobre Cooperação Internacional para Promoção da Agroecologia...
05/05/2018

MSTTR de Rondônia fortalece debate sobre Cooperação Internacional para Promoção da Agroecologia...

Foi realizada a Oficina Regional sobre Cooperação Internacional em Agroecologia e Soberania, Segurança Alimentar e Nutricional (SSAN) da região Norte, promovida pela CONTAG. A oficina aconteceu em Belém/PA, nos dias 3 e 4 de maio e reuniu representantes de todas as Federações da Regional Norte. Rondônia esteve representado pela FETAGRO, STTRs e representantes de cooperativas de produção e assistência técnica, com a participação ativa da secretária de Políticas Agrícolas, Elessandra Dutra, do presidente do Sindicato de Ji-Paraná, Ernesto Ferreira, da presidente do STTR de São Miguel, Marcilia Simas, da presidente da Unicafes Rondônia, Vitalina Orneles, do presidente da Coopeafes, Everton Barboza, e do presidente...

FETAGRO reúne sindicatos para discutir habitação para beneficiários do Crédito Fundiário
03/05/2018

FETAGRO reúne sindicatos para discutir habitação para beneficiários do Crédito Fundiário

Reunião realizada na manhã desta quinta-feira (03), na sede da FETAGRO, reuniu o presidente Fábio Menezes, o secretário de política agrária Márcio Viana, a assessoria da secretaria de política agrícola e dirigentes dos STTRs nos municípios já contemplados pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF). O encontro objetivou acordar com os sindicatos a realização de um levantamento qualificado da demanda de famílias beneficiárias do PNCF que necessitam de uma moradia. De acordo com o secretário Márcio, a intenção é que o MSTTR esteja organizado e preparado para uma possível liberação de contratações do Programa Nacional de Habitação Rural...

PROJETO “PESSOA IDOSA”: CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
27/04/2018

PROJETO “PESSOA IDOSA”: CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

A FETAGRO comunica que o projeto Protagonismo e Empoderamento da Pessoa Idosa em Rondônia está em etapa de contratação de prestação de serviços para a realização do Encontro da Terceira Idade - Regional Porto Velho/Ariquemes, a ser realizado no município de Porto Velho, nos dias 17 e 18 de maio de 2018. Busca-se por contratação de prestação de serviços, por pessoa jurídica, para locação de local com auditório, alimentação para participantes e equipe técnica, hospedagem da equipe técnica e contratação de ônibus para translado. A Direção da Federação informa que o período para manifestação de interesse na prestação...

ACAMPAMENTO LULA LIVRE – CURITIBA
20/04/2018

ACAMPAMENTO LULA LIVRE – CURITIBA

  CONTAG e Federações presentes em Curitiba-PR, para mais uma vez prestar solidariedade a Lula e denunciar o golpe político, midiático e jurídico, que levou o ex-presidente a ser preso, mesmo não tendo provas contra ele. Representando Rondônia está presente a secretária de mulheres da FETAGRO, Izabel Soares.     Lula segue liderando as pesquisas Mesmo como preso político, o ex-presidente Lula, continua liderando todas as pesquisas para presidente do Brasil.    Na última pesquisa da Vox Populi, Lula foi de 40% a 43% no voto espontâneo e de 45% a 51% no voto estimulado – ou seja: ele venceria a disputa presidencial em primeiro turno.   Segundo pesquisa Datafolha, mesmo preso Lula chega a ter quase 85% dos votos que tinha antes da prisão e de ser vilipendiado por bandos de odiadores...

Aprovada lei que dá tratamento diferenciado à produção de polpa e suco de frutas artesanais
20/04/2018

Aprovada lei que dá tratamento diferenciado à produção de polpa e suco de frutas artesanais

Aprovada a Lei 13.648 que dispõe sobre a produção de polpa e suco de frutas artesanais em estabelecimento familiar rural e altera a Lei nº 8.918, de 14 de julho de 1994. “É uma lei importante porque reconhece e dá tratamento diferenciado para os produtos artesanais, apesar de a redação não ter saído ideal. A aprovação dessa lei traz boas perspectivas para a aprovação de outras que tratam dos produtos artesanais de origem animal”, avalia o secretário de Política Agrícola da CONTAG, Antoninho Rovaris. Segundo o dirigente, cada vez mais está se conseguindo avançar na aprovação de legislação para reconhecer e dar tratamento diferenciado para a identificação dos...

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro