Área Restrita
Não à reforma da previdência
Imagem2
Imagem 1
Imagem3
Imagem 4
FETAGRO COMUNICA A RETOMADA DO CONSELEITE RONDÔNIA
08/07/2020

FETAGRO COMUNICA A RETOMADA DO CONSELEITE RONDÔNIA

O Conselho Paritário de Produtores e Indústrias do leite - Conseleite Rondônia realizará reunião, por videoconferência, para a retomada dos trabalhos no dia 10 de Julho, com a participação dos produtores e indústrias, representados por seus conselheiros. A Presidente da Fetagro Alessandra Lunas destaca a importância de retomar os trabalhos, incorporando novas empresas e dando continuidade na divulgação dos resultados dos valores de referencia do preço do leite em Rondônia. Essa retomada ocorre após a efetivação do convenio da SEAGRI com a universidade Federal do Paraná, responsável pelo estudo técnico e divulgação de resultados. A Fetagro acredita que o funcionamento do conselho proporcionará um melhor dialogo entre produtores e indústria, maior estabilidade na política de preço do leite e o fortalecimento de toda cadeia produtiva do leite. A Direlção

Vem aí o 1º Festival Juventude Rural Conectada!
07/07/2020

Vem aí o 1º Festival Juventude Rural Conectada!

Faltam exatos 30 dias para o 1º Festival Juventude Rural Conectada – Construindo um mundo novo, que será realizado de formato virtual e será transmitido pelas redes sociais da CONTAG. “Como não foi possível realizar o 4º Festival Nacional da Juventude Rural em maio por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus, planejar um festival com caráter virtual foi uma maneira de manter a juventude rural mobilizada, animada e debatendo questões importantes para o movimento sindical e para a agricultura familiar brasileira”, destacou a secretária de Jovens da CONTAG, Mônica Bufon. Apesar da limitação de reunir as pessoas neste momento, Mônica acredita que o 1º Festival Juventude Rural Conectada também tem grande potencial, pois as juventudes de todo o mundo poderão se reunir “virtualmente” e abordar outras questões relacionadas ao novo cenário nacional e mundial, resultado da pandemia de Covid-19. Gil Fagundes Secretário Estadual de Jovens da Fetagro destaca que “ é necessário manter a agenda de luta da juventude e, diante desse novo cenário, seguir firme e fortalecer a organização da juventude rural encontrando novas formas de dialogo e organização dos festivais”. Segundo a secretária de Jovens e responsável pela realização do evento, o 1º Festival Juventude Rural Conectada, que acontecerá de 6 a 8 de agosto, quer fortalecer o debate e a reflexão sobre os caminhos para superar os desafios sociais e econômicos que todos(as) estamos enfrentando como conseqüência da pandemia e das erráticas medidas para combatê-la. “Foi nesse sentido que a Comissão Nacional de Jovens Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (CNJTTR) aprovou o lema ‘Construindo um mundo novo’. Queremos também aprofundar o debate sobre a importância da agricultura familiar para a garantia de soberania e segurança alimentar, sobre as novas maneiras de organizar a produção, garantindo renda e qualidade de vida no campo, floresta e águas, bem como sobre o tipo de sociedade que queremos agora e no futuro, em que prevaleça a igualdade, a solidariedade, o respeito e o amor entre todas as pessoas”, explicou a dirigente da CONTAG. O festival contará com diálogos virtuais, apresentações culturais regionais e momentos de interações com as juventudes do Brasil e de outros países. Em breve divulgaremos a programação do 1º Festival Juventude Rural Conectada. Assessoria da CONTAG e Fetagro

LATICINIOS DEVERÃO PARTICIPAR DO CONSELEITE E REVINDICAÇÃO DA FETAGRO É ATENDIDA
19/06/2020

LATICINIOS DEVERÃO PARTICIPAR DO CONSELEITE E REVINDICAÇÃO DA FETAGRO É ATENDIDA

Reivindicação da Fetagro se concretiza coma sanção da lei 4. 792/20,proposta pelo Deputado Lazinho da FETAGRO, na últimaterça-feira (16), que estabelece a obrigatoriedade de adesão ao Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite do Estado de Rondônia (Conseleite-RO) por todos os laticínios instalados em Rondônia, sob pena de perca de benefícios de benefícios fiscais. A FETAGRO, desde a implantação do Conseleite, tem trabalhado para a inclusão no conselho de todas as empresas que processam leite em Rondônia para conseguir maior transparência na politica de preço do leite em Rondônia e diminuir os episódios de queda repentina no preço do leite. Em 2019, durante audiência pública realizada na Assembleia Legislativa e proposta pelo Deputado Lazinho da FETAGRO, esta demanda foi firmemente pautada pela presidente da FETAGRO Alessandra Lunas, que defendeu uma postura mais firme do governo do Estado no trato com as empresas do setor lácteo, especialmente as que não compunham o conselho e se beneficiavam com benefícios fiscais, que chegavam a ordem de 85% dos impostos estaduais. A crise do leite, agravada pela COVID –19 e pela paralização da entrega realizada por vários produtores, acelerou ainda mais o debate acerca da necessidade de condicionar a concessão de benefícios tributários. Neste contexto o Deputado Estadual Lazinho da FETAGRO apresentou o Projeto de lei, que foi aprovado pela Assembleia Legislativa e sancionado pelo Governo do Estado determina que as empresas de laticínios que não aderirem ao Conseleite-RO terão os incentivos e benefícios fiscais concedidos pelo Estado de Rondônia suspensos até que formalizem a adesão ao conselho. Alessanda Lunas comemora um importante passo rumo ao fortalecimento da cadeia produtiva do leite e destaca como uma importante vitória a aprovação desta lei. “É muito importante ver as nossas proposições sendo finalmente concretizadas e o Conseleite-RO sendo fortalecido como um espaço de diálogo, proposição de medidas para a cadeia produtiva do leite e construir uma politica de preço solida e transparente e justa para produtores e indústria”, enfatizou a presidente. Segundo a presidente é preciso reunir o conselho para discutir a implementação da lei, a ampliação da representação dos agricultores e a contratação da Universidade do Paraná, que tramita a mais de um ano junto a SEAGRI. O Conseleite O Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite do Estado de Rondônia (Conseleite-RO) é um grupo de pessoas, formado paritariamente pelo mesmo número de representantes dos produtores rurais de leite e das indústrias de laticínios de Rondônia. Trata-se de uma associação civil, regida por estatuto e regulamentos próprios, com o principal objetivo da busca pró-ativa de soluções conjuntas, pelos produtores rurais e indústrias, para problemas comuns do setor lácteo rondoniense, por meio de uma relação mútua de confiança que visa uma maior clareza no estabelecimento de preços de referência para a matéria-prima leite. Os valores de referência são levantados pela Universidade do Paraná, que tem realizado um grande trabalho, referendado pelos produtores e pelas industrias que participam no Conselho. Após a realização do estudo técnico, os valores de referencia são apresentados e aprovados pelos membros do Conselho e divulgados para a sociedade reflete a capacidade de pagamento do leite, que leva em conta o custo do produtor, da indústria e o preço de venda do leite e seus subprodutos. Fonte: Assessoria de Comunicação da FETAGRO.

DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA
15/06/2020

DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA

No Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa (15 de junho), a CONTAG, a FETAGRO e os STTRs trazem uma reflexão sobre os efeitos que a pandemia de Covid-19 tem causado na vida das pessoas idosas. Desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a pandemia do novo Coronavírus COVID-19, reforçando a importância de se tomar cuidados com a saúde das pessoas idosas, essa geração, além de ficar em isolamento social, ainda tem sido motivo de sátiras nas redes sociais. Nesse sentido, no Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, a Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG) alerta sobre a necessidade de se combater o preconceito social e todas as situações de violência contra as pessoas idosas, que têm se ampliado nesse momento de distanciamento social, pois a maioria dos agressores (as) de pessoas idosas está no convívio doméstico. Também nesse período, as pessoas idosas estão mais vulneráveis a fraudes e golpes financeiros. Só no Disque 100, de 17 de março a 24 de abril de 2020, foram 705 denúncias de violência contra pessoas idosas relacionadas às consequências da pandemia do novo coronavírus. Entre as três principais motivações das denúncias - 387 foram por motivo da idade, 215 em razão do conflito de idéias e 114 em razão de benefício financeiro. Diante do aumento dos números de violência contra a pessoa idosa, a CONTAG reforça a importância do funcionamento dos órgãos de atendimento ao idoso como Delegacias, Ministério Público e Conselho do Idoso, e o cumprimento do Estatuto do Idoso. É imprescindível também que a atenção à saúde voltada para estas pessoas que estão isoladas funcione de forma efetiva. E é sempre bom lembrar! Em caso de suspeita de violência contra um (a) idoso (a) qualquer pessoa pode ligar para o número 100, anonimamente, e denunciar a situação. “Denunciar e impedir manifestações de violência contra a pessoa idosa é um ato de cidadania, é uma ação de respeito e de valorização da vida humana, é uma demonstração de cuidado com o outro e, neste caso em especial, à pessoa idosa”, pontua a secretária de Terceira Idade da CONTAG, Josefa Rita da Silva (Zefinha). Neste dia reafirmamos a importância pela valorização, pelo respeito e garantia dos direitos a que são signatárias as pessoas idosas, assegurando a todos (as) idosos (as) o direito ao envelhecimento com dignidade. Proteja os (as) idosos (as)! Defenda o seu, o nosso futuro! Fonte: Comunicação CONTAG – Barack Fernandes

FETAGRO REALIZA OFICINA DE BASE E CONSELHO DELIBERATIVO
09/12/2029

FETAGRO REALIZA OFICINA DE BASE E CONSELHO DELIBERATIVO

A FETAGRO, juntamente com a CONTAG, realizou a 2ª Oficina de Base: Planejando ações para o Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário com a presença de dirigentes das duas entidades e dos Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais filiados para a construção de um planejamento de ações que responda aos anseios e necessidades da agricultura familiar. “Neste módulo será realizado um aprofundamento do que foi trazido pelos associados e lideranças que participaram da primeira oficina e construir um plano de ação estratégico para, de fato, a base exercer a ação sindical”, enfatizou Elias Borges, Secretário de Política Agrária da CONTAG. A oficina aconteceu no hotel Graúna,...

CONTAG e FPAF cobram medidas urgentes em defesa da vida e dos povos do campo, da floresta e das águ...
19/03/2020

CONTAG e FPAF cobram medidas urgentes em defesa da vida e dos povos do campo, da floresta e das águ...

CONTAG e FPAF cobram medidas urgentes em defesa da vida e dos povos do campo, da floresta e das águas FOTO: Arte: Fabricio Martins Preocupada com a rápida proliferação do Coronavírus em todo o País e com as suas consequências, a Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG) vem cobrar do poder público medidas emergenciais para a prevenção e o combate ao Coronavírus e em defesa da vida. A CONTAG também está preocupada com a produção da ampla maioria dos alimentos que chega à mesa dos(as) brasileiros(as), e cobra medidas que visam a continuidade da produção de alimentos saudáveis pela agricultura familiar brasileira. Além das medidas...